O PROBLEMA DO DESMAME.


 A forma tradicional de 
realizar o desmame provoca inquietude e traz prejuízos à saúde dos bezerros e das matrizes.
A maioria dos produtores retira os animais com idade em torno de sete a oito meses, de perto das matrizes, levando-os para um pasto separado, sem contato visual e auditivo com as mães.
Essa forma de manejo causa um estresse muito grande a mães e filhos, que ficam dias tentando localizar uns aos outros, o que causa inquietude, além de prejuízos à saúde dos animais.
A melhor forma de desmamar é da maneira racional.
Na hora do desmame, divida o pasto em dois, com um corredor no meio e mantenha a matriz de um lado e o bezerro de outro. Dessa forma, haverá o contato visual e auditivo, que são sentidos importantes para o desenvolvimento do animal, mesmo que o contato físico não aconteça. Nos primeiros dias, o bezerro ficará na divisa do corredor, mas com o passar do tempo irá se acostumar a viver separado.
Lembre -se de deixar os cochos de água e alimento perto da cerca, pois nos primeiros dias o bezerro não irá até o cocho se alimentar, se este estiver muito distante.
Os animais já adultos também sofrem de estresse no dia a dia, alguns produtores utilizam choques, espetos e pedaços de madeira para manejá-los, o que afeta diretamente a produção, como a de leite e ganho de peso.
Sempre que for manejar o gado, verifique a iluminação do local, pois quando há mudança na luz, seja natural, seja com lâmpadas, o animal tem o receio de se locomover, pois geralmente tem uma boa visão. Caso se faça a mudança de local à noite, utilize iluminação indireta, assim o animal terá maior segurança ao se deslocar, saberá para onde está sendo guiado.
Nunca se deve utilizar objetos de metal nos locais de convívio do rebanho, como curral e pasto, que são propícios ao reflexo de luz solar; além de incomodar, fazem com que os animais empaquem e, assim, o produtor terá muito mais trabalho para manejá-los.
Quando o animal empacar, nunca use choques ou espetos para forçá-lo a se dirigir ao local desejado, porque há o vínculo do sofrimento ao lugar e o produtor terá problema para manejá-lo dessa forma.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s