Intoxicações por Plantas Parte 1: Cafezinho/Erva de Rato.

As intoxicações por plantas ocorre a partir da ingestão de plantas tóxicas presentes nas pastagens, podendo causar sérios problemas na saúde do animal e até a morte. Atualmente existem, no Brasil, mais de 70 plantas tóxicas catalogadas de interesse agropecuário. A partir de hoje iremos falar sobre algumas plantas tóxicas e iniciaremos com a Cafezinho.

Nome Científico: Palicourea marcgravii
Nomes vulgares: Cafezinho, café-bravo, erva de rato, roxinha, vick.
Características gerais: É a principal planta tóxica do Brasil devido a três motivos principais: apresenta ampla distribuição em todo o país; possui uma boa palatabilidade, que faz com que os animais a comam mesmo com forrageiras disponíveis; possui alta toxicidade, podendo causar a morte mesmo quando em pequenas quantidades ingeridas. Ela cresce em terra firma, nunca em locais alagados. Podem chegar até 4 metros de altura e suas folhas e frutos são tóxicos.

Imagem: Ilustração da Cafezinho.

Fonte: Livro Toxicologia Aplicada à Medicina Veterinária.

CafeSinais Clínicos: Os sintomas começam a aparecer poucas horas após a ingestão. Ocorre a “Síndrome da Morte Súbita”, que se entende como, dificuldade para andar, aumento da frequência urinária e em pouca quantidade, dificuldade em manter a postura, tremores musculares, queda do animal, aumento da frequência respiratória, pulso venoso  positivo (quando sentimos as veias pulsarem, geralmente a jugular, que se localiza no pescoço), cabeça em opistótono (veja imagem) movimentos de pedalagem, mugidos constantes e convulsão, que pode ser única e fatal ou várias, levando sempre a morte.
Cafezinho
Tratamento: não existe tratamento efetivo para essa intoxicação. O que se deve fazer e impedir a ingestão da planta, reconhecendo-a e erradicando-a na propriedade.  Quando ela não está com flores, para reconhecê-la basta esfregar as folhas entre os dedos e sentir o cheiro de Vick Vaporub®.

Um comentário sobre “Intoxicações por Plantas Parte 1: Cafezinho/Erva de Rato.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s